junho 01, 2011

Last beat of the heart - parte VII

- Estás muito bonita, e ficas melhor sem as lágrimas nos olhos.
- João? Que fazes aqui? Como sabias que eu moro aqui? - Inquiriu Matilde, num misto de espantado, surpresa e um pouco de medo.
- Não sabia, segui-te.
- Seguiste-me? Mal te conheço e tu andas atrás de mim? Isso não é normal! - Vociferou  Matilde.
- Oh boneca tem calma, não te vou fazer mal - Dizendo isto, João, mostrou um sorriso desprezante e um tanto ou quanto malicioso.
Margarida ergueu a sua mão direita à cara de João, mas este agarrou-lhe no braço
- Tem calma boneca, não temos de nos chatear - E, de novo, aquele sorriso.
- Solta-me! - Disse, quase gritando, Matilde.
João, riu-se na sua cara, indicando que não a pretendia soltar.Martim estava prestes a chegar a casa de Matilde e, debaixo de uma grande árvore que se encontrava num jardim a não mais de 100 metros da entrada de casa de Matilde, estagnou, olhando para tudo aquilo, não sabia que conclusão tirar daquilo que via até que, viu João a agarrar Matilde e a aproximá-la de si. Matilde tentava ripostar e afastar-se dele, mas Martim não o conseguia ver e, achou-se um idiota, começando a dirigir-se em direcção a sua casa, pretendendo deixá-los ali.
Matilde, ao avistá-lo, sacudiu-se com força, afastando-se o suficiente de João para conseguir começar a correr na direcção de Martim.
- Eu não tive culpa do que tu achas que viste, ele agarrou-me e eu não me consegui soltar - disse, lavada em lágrimas - eu abri-lhe a porta, pensando que eras tu que me vinhas buscar, faltavam apenas 5 minutos para a hora combinada.
Martim olhava-a, sem reacção. Não sabia no que acreditar.
- EU AMO-TE. Martim, eu ainda te amo. - Gritou Matilde.

4 comentários:

  1. tás on fire !
    tou a amar este suspense todo xb
    lindo lindo :D

    ResponderEliminar
  2. assim que conseguir :)
    continuaaa *.*

    ResponderEliminar
  3. Pensei que o João fosse outro tipo de pessoa :O
    Adorei!

    ResponderEliminar